O governo da França autorizou que estádios e hipódromos do país recebam até 5 mil pessoas a partir do dia 11 de julho. Autoridades do futebol, no entanto, esperam por uma liberação maior até a disputa das finais da Copa da Liga, entre PSG e Lyon, e da Copa da França, entre PSG e Saint-Étienne. As decisões acontecerão no final de julho e início de agosto, no Stade de France, que tem capacidade para 80 mil pessoas.


O decreto do governo francês, no entanto, reforça que o limite imposto deve valer, a princípio, até o início de setembro.

– A capacidade máxima de 5 mil pessoas para grandes eventos, estádios e óperas, a princípio, está em vigor até 1º de setembro. Uma nova revisão da situação epidemiológica nacional será divulgada em meados de julho para decidir se haverá relaxamento para a segunda metade de agosto – diz o texto.

O Campeonato Francês foi o único das cinco grandes ligas da Europa que encerrou precocemente sua temporada. Alemanha, Espanha, Itália e Inglaterra voltaram com as disputas. O último jogo oficial disputado em território francês foi PSG 2 x 0 Borussia Dortmund, pela Liga dos Campeões, com portões fechados.

A próxima temporada da Ligue1 deve começar entre os dias 22 e 23 de agosto. Na próxima semana, a liga terá uma assembleia para definir o calendário. Os clubes estão liberados para o retorno aos treinos em pequenos grupos desde o início de junho. O PSG retomará suas atividades nesta segunda-feira.

A França tem pouco mais de 196 mil casos do novo coronavírus registrados, segundo dados do governo do país, e 29.620 mortes, com apenas 14 delas registradas nas últimas 24 horas.


FONTE : GLOBO ESPORTE